Especial de Verão: Peach Cobbler (ou Cobbler de Pêssego)

Receita de Peach o quê?! Você deve estar se perguntando. E eu explico. Ou pelo menos vou tentar. Há muito tempo eu me deparei com uma série de fotos dessa receita no Pinterest e fiquei intrigada, porque elas pareciam promissoras, apesar de eu nunca ter ouvido nesse nome antes. Salvei a tal da receita e nunca mais pensei nela. Adianta o vídeo pra os tempos atuais e eu dando uma olhada nos 500 pins culinários que eu tenho, eis que o tal do peach cobbler reaparece na minha vista e eu resolvo testar.

clobber6

Gente, simplesmente uma combinação maravilhosa de gostosura e praticidade, com ingredientes simples e baratos embrulhados num nome muito do esquisito pra nós tupiniquins. Juro que tentei achar uma tradução pra cobbler, o google tradutor me deu “sapateiro de pêssego”, mas quem iria comer isso, né? (Achei uma outra que falava grude, mas ˜grude de pêssego” também não é nada apetitoso) Então resolvi manter o nome em inglês mesmo, mas fiquei curiosa e fiz uma breve pesquisa. Senta que lá vem a história.

Esse prato se originou nas colônias britânicas, porque os colonizadores não tinham acesso aos ingredientes da terrinha e tinham que se adaptar. Cobbler, o prato, pode ser entendido como “torta de fruta” (mas torta pra gente é outra coisa), tem uma série de variações e faz parte da família dos Crumbles (por falar nisso tem uma receita de crumble de maçã aqui), e basicamente consiste em fruta picada coberta por uma massa e assada.

Caraca, eu falo muito! Mas chega de lero-lero, e vamos ao que interessa!

Cobbler de Pêssego (Peach Cobbler)

clobber1

  • 1 lata de pêssego em calda
  • 100g de manteiga derretida
  • 1 xíc. de farinha de trigo
  • 1 xíc. de açúcar
  • 1 xíc. de leite
  • 1 col. de chá de fermento em pó

– Preaqueça o forno em 180º C. Escorra e corte os pêssegos, eu corto em tiras, tipo, cada metade de pêssego em três ou quatro pedaços. Reserve um minuto.

Misture a farinha de trigo, o açúcar, o leite e o fermento numa tijela, mexa até ficar homogêneo. Reserve um minutinho.

clobber2

Coloque a manteiga derretida em uma travessa/pirex/prato de servir de mais ou menos 20×20 cm.

clobber3

Coloque a massa por cima da manteiga, mas NÃO MISTURE.

clobber4

Coloque os pêssegos cortados em cima e leve pra assar por uns 30 minutos, ou até que fique dourada. E é isso. Só isso. Fala sério, não demorou nem 5 minutos, vai…

clobber7

Não precisa servir morno, mas também não precisa ir pra geladeira. E super combina com uma bolinha de sorvete de creme🍦.

clobber5

Receitinha rápida, barata e gostosa. Tá bom ou quer mais?

Faz aí na sua casa e me diz se é ou não é boa!

Dúvidas? Dicas? Sugestões? Dar um ‘oi’? Deixe um comentário aqui, prometo que respondo!

Kisses,

Sinhá Ju

 

Anúncios

2 comentários sobre “Especial de Verão: Peach Cobbler (ou Cobbler de Pêssego)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s